• Amadeu Cruz não tem dúvidas: Sondagem do PAICV “é uma ficção e é uma anedota nacional”

    Ex-vice-presidente do MpD não tem dúvidas:

    Sondagem do PAICV “é uma ficção e é uma anedota nacional”

     

    O ex- vice-presidente do Movimento para a Democracia, Amadeu Cruz, constata que o seu partido está numa boa dinâmica, e congratula-se com o desempenho da direcção que “reflecte” as diversas tendências internas do partido, que continua a ser fiel aos princípios que nortearam a sua criação, ou seja, continua a valorizar o ser humano e a colocá-lo a cima de qualquer interesse, para além de continuar a valorizar os recursos humanos.

    Amadeu Cruz mostra-se confiante na vitória do seu partido, em 2006, e  faz saber que é necessário muito trabalho para que isso possa acontecer, e para que o MpD volte a servir os cabo-verdianos.

    Embora estando longe do centro da decisão, Amadeu Cruz constata que o MpD está numa situação boa de voltar a ser governo. Refere-se às sondagens que dão vantagens ao MpD, mas vai avisando: “temos que trabalhar”.

    Amadeu Cruz faz saber que, no Porto Novo, o MpD continua a crescer, mas a experiência já lhe ensinou que é preciso muito trabalho, diálogo permanente com as bases e muita dinâmica.

    Aquele ventoinha garante que o MpD tem todas as hipótese de eleger dois deputados para Porto Novo, contradizendo, desta forma, as sondagens do PAICV dadas a conhecer recentemente. Reagindo precisamente àquelas sondagens, Cruz considera-as “uma anedota nacional”, e corroborou a opinião de que uma sondagem telefónica “não é credível”, e explicou que as pessoas têm medo de responder pelo telefone as sondagens. “Esta sondagem do PAICV é uma ficção e é uma anedota”, comenta, achando “um absurdo” que o MpD perca em círculos como Ribeira Grande.

    Amadeu Cruz que, segunda-feira, manteve uma renhida e quente reunião com Rui Figueiredo, coordenador das Legislativas de 2006, garantiu-nos que no Porto Novo, o seu partido está apostado fortemente em escolher um bom candidato que dê todas as garantias duma expressiva vitória, naquele círculo. Joel Barros e Hildo Tavares são hipóteses muito fortes, mas surge um terceiro elemento: Alcindo Rocha. Mas todo o cenário será decido durante uma importante reunião da Direcção Nacional, agendada para a próxima terça-feira, 29, na qual se deverá “fechar” as listas. 


  • Commentaires

    Aucun commentaire pour le moment

    Suivre le flux RSS des commentaires


    Ajouter un commentaire

    Nom / Pseudo :

    E-mail (facultatif) :

    Site Web (facultatif) :

    Commentaire :